Brasileiro usa futebol para levar esperança a refugiados na Jordânia.

(Foto: Divulgação)
Golaço da solidariedade brasileira no Oriente Médio! Voluntários driblam adversidades e usam futebol para levar esperança e perspectiva a crianças e adolescentes refugiados na Jordânia. Entre eles, um brasileiro: Rafael Teixeira, 26 anos.

Só quem já participou de torcidas organizadas sabe como é o clima durante o encontro de equipes rivais, em dias de jogos decisivos. Uma realidade bem conhecida no Brasil.



Agora imagine essa situação de tensão potencializada, do outro lado do mundo, em um contexto de guerra civil nada amistoso…

Oriente Médio, Jordânia, Município de Mahis. Milhares de adultos, jovens e crianças em situação de refúgio fogem dos países de origem, em busca de um recomeço.



Famílias tentam reconstruir a vida com a roupa do corpo, e a dor pela perda de entes queridos. É comum ver muitos perambulando pelas ruas, ou em condições de quase escravidão, em troca de teto e comida.

É nesse contexto que há pouco mais de um ano, o futebol é usado como ferramenta para levar esperança e valores a crianças e adolescentes, a maioria em situação de risco.

São jovens de vários países, que fugiram da perseguição religiosa do Estado Islâmico no Iraque, e da guerra civil na Síria, que há mais de seis anos preocupa a comunidade internacional.



Mas em quê o futebol poderia melhorar essa situação complicada, que ainda não tem data para mudar?

Seria possível amenizar essa tensão crescente, e oferecer a esses jovens uma atividade que ensine tolerância, trabalho em equipe e coragem para vencer desafios?

(Foto:Divulgação)

A resposta é sim! E isso vem das bases de times brasileiros.

Brasileiro usa futebol para levar esperança a refugiados na Jordânia. Brasileiro usa futebol para levar esperança a refugiados na Jordânia. Reviewed by REDAÇÃO on 12:22 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.